Tratamento Bulimia Nervosa

Tratamento Bulimia Nervosa


A bulimia nervosa é um dos distúrbios alimentares mais comuns no mundo. Só no Brasil são registrados cerca de 2 milhões de casos por ano. O transtorno atinge pessoas de várias idade. Na grande maioria são pessoas acima dos 14 anos de idade e se estende até os 60 anos. Por ser uma doença crônica, pode durar por muitos anos ou até mesmo a vida inteira. Caso não haja tratamento, a enfermidade pode levar à morte.

A bulimia é um transtorno alimentar potencialmente fatal. As pessoas que apresentam esse problema tem por característica comerem compulsivamente e logo depois adotam algumas medidas para evitar que engordem. O modelo mais conhecido é o vômito, mas a bulimia também pode estar envolvida com jejum e exercícios excessivos.

Entre os sintomas mais comuns, as pessoas apresentam um comportamento compulsivo e automutilação. A pessoa também pode mostrar-se ansiosa e mudanças constantes de humor. Além de se sentirem desidratadas, fadigadas e com uma fome constante. Pode ser comum também dor de garganta, depressão ou úlcera gástrica.

A bulimia atinge parte do aparelho gastrointestinal que pode causar azia, constipação ou má digestão dos alimentos. Tanto que no corpo pode haver sinais baixo peso, alterações constantes no peso corporal. Os sintomas podem se manifestar na boca com cáries dentárias e secura. Nas mulheres também é comum menstruação irregular.

Já que a bulimia é um transtorno alimentar relacionado ao psicológico, o diagnóstico pode provir de uma avaliação psicológica do paciente ou então um exame físico completo de um médico, como exame de fezes e urina.

O tratamento para bulimia pode variar para cada caso. Depende muito da gravidade do transtorno. Nos tratamentos mais comuns, os pacientes são encaminhados para grupos de apoio ou acompanhamento psicológico. Em alguns casos, há a terapia nutricional e também o prognóstico de antidepressivos.

O tratamento requer um trabalho árduo do paciente e da sua família, pois é muito comum que a bulimia retorne com o passar do tempo. Porém, não há motivos para pânico. No tratamento efetivo, diversas terapias são experimentadas até que o paciente possa superar esse distúrbio grave.

Clique aqui para busca de Clínicas para Tratamento da Bulima.

Blog

Droga e espiritualidade: Como a religião pode ajudar no tratamento?

Droga e espiritualidade: Como a religião pode ajudar no tratamento?

Pesquisas realizadas pela Universidade de Harvard constataram que a religião e a fé são fatores fundamentais para que uma pessoa consiga abandonar o vício

O dependente químico é considerado incapaz?

O dependente químico é considerado incapaz?

Para responder a essa pergunta, precisamos entender que cada caso possui um contexto. Trata-se de uma questão complexa que merece respostas melhores do que apenas sim e não.

Porque dá dor de barriga depois de beber?

Porque dá dor de barriga depois de beber?

O hábito de beber é muito comum em vários países, mas, mesmo quando o consumo é moderado, vem com ele vários efeitos colaterais e muitas pessoas experimentam dor de barriga.

Os perigos do uso de drogas no trabalho e impacto na produtividade

Os perigos do uso de drogas no trabalho e impacto na produtividade

O consumo de drogas no trabalho tem impacto direto na produtividade, especialmente quando se fala em vícios.