Uma plataforma EXCLUSIVA para você encontrar as melhores clínicas de recuperação do BRASIL!
Drogas

Os perigos do uso de drogas no trabalho e impacto na produtividade

21 de junho de 2021
Compartilhe:
Os perigos do uso de drogas no trabalho e impacto na produtividade

O consumo de drogas no trabalho tem impacto direto na produtividade, especialmente quando se fala em vícios.

Afinal de contas, os vícios não ficam limitados somente ao horário de lazer e apresentam efeitos também no ambiente laboral.

Portanto, reconhecer o problema é essencial para obtenção de melhores resultados.

À vista disso, a seguir veja como o uso de drogas no trabalho tem impacto na produtividade e entenda como contornar a situação. Confira!

 

Mas afinal, quais as drogas mais usadas no trabalho?

Antes de mais nada é importante conhecer quais são as drogas mais usadas no trabalho. Veja:

  • Álcool – cerca de 2 milhões de brasileiros apresentam perfil para a dependência de álcool. No ambiente de trabalho, o consumo de bebidas alcoólicas impede o trabalho do funcionário, que não consegue exercer as suas atividades;
  • Heroína – é uma droga injetável e que tem efeito imediato, causando sensação de euforia e felicidade;
  • Opiáceos – nesta lista estão a morfina e a codeína, que são bastante usados por profissionais da saúde que tem fácil acesso a essas substâncias;
  • Maconha – a maconha é a substância mais usada em todo o planeta e no ambiente de trabalho costuma ser utilizada para relaxar e diminuir o estresse.

 

Quais os perigos do uso de drogas no trabalho?

Vários riscos são percebidos a partir do consumo de drogas no ambiente de trabalho e na produtividade. Confira!

Perda de foco e tempo no trabalho

Quem faz uso de drogas no trabalho, independentemente de qual seja ela, tem dificuldade de concentração e isso se torna ainda mais intenso quando o consumo é elevado.

Desse modo, a produtividade no ambiente laboral fica totalmente defasada e comprometida.

Riscos de acidentes

As drogas afetam a capacidade cerebral e isso todo mundo sabe. Por esse motivo, elas geram problemas motores e cognitivos, que não são notadas por quem consome.

Dessa forma, naturalmente há um maior risco de acidentes. Ora, um funcionário que bebe demais e comanda uma máquina, por exemplo, se torna sucessível a ocorrências.

Além disso, o desejo de terminar a atividade rapidamente para poder consumir a droga pode acarretar em acidentes.

Clima organizacional fica ruim

Outro impacto também na produtividade é o clima organizacional, que passa a se tornar ruim, com problemas e conflitos frequentes.

Isso porque, estudos apontam que as drogas alteram a personalidade de quem consome, mesmo que seja uma pequena quantidade.

Aliás, uma das alterações de personalidades é a agressividade, que surge quando o individuo não se torna capaz de avaliar de modo correto as consequências das suas ações.

Portanto, tudo isso tem impacto na forma como o funcionário interage com os demais, o que pode gerar conflitos constantes.

Problemas de saúde

Por afetarem o organismo, as drogas têm vários impactos negativos na saúde, podendo causar:

  • Infarto;
  • Depressão profunda;
  • Demência precoce;
  • Câncer de pulmão.

Com isso, a qualidade de vida é afetada, o que prejudica o trabalhador nas suas atividades e impacta assim a produtividade no ambiente de trabalho.

Conclusão

Como visto, existem muitos perigos no consumo de drogas no trabalho e há impacto direto na produtividade também.

Logo, é fundamental que a empresa tome as medidas necessárias para evitar esse tipo de situação no ambiente laboral.

Blog

Covid-19: aumento nos casos de dependência química pode ser sinal de alerta para uma nova epidemia

Covid-19: aumento nos casos de dependência química pode ser sinal de alerta para uma nova epidemia

A pandemia do novo coronavírus trouxe muitas mudanças para o mundo. A principal delas foi a necessidade do isolamento social como forma de conter o avanço da doença

Dependente químico e LOAS

Dependente químico e LOAS

O BPC/LOAS é um benefício assistencial que é pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)

Um dependente químico pode ser internado à força?

Um dependente químico pode ser internado à força?

Um fator que acaba agravando toda a situação é alguns dependentes se recusarem a realizar o tratamento e a reconhecerem o problema como doença.

Qual é a pena por tráfico de drogas? Existe fiança?

Qual é a pena por tráfico de drogas? Existe fiança?

De acordo com o artigo 33 da Lei nº 11.343/2006, o tráfico de drogas é crime.