Drogas

O que acontece com quem fuma pedra?

31 de maio de 2021
Compartilhe:
O que acontece com quem fuma pedra?

Pedra é um termo popular utilizado para quem fuma “crack”, que é cocaína em estado cristalizado.

Esse tipo de droga pode ser queimado e fumado em forma de pedra, através de cachimbos ou materiais equivalentes adaptados para esse tipo de consumo. A absorção da fumaça pelo pulmão é feita de forma mais rápida dessa forma e assim essa droga traz mais efeitos do que a cocaína quando é ingerida pelo nariz.

Depois de fumado, o crack cria um efeito rápido de euforia, deixando a pessoa com mais energia, e maior auto-estima, por isso acaba sendo utilizado por pessoas que estão passando por problemas ou por períodos difíceis na vida. Assim como a cocaína, o crack tem alto poder viciante, e por isso a pessoa que consome acaba necessitando fumar com mais frequência e em doses maiores, criando um círculo vicioso, o que acaba trazendo vários riscos graves a saúde.

 

Sintomas de quem faz uso de crack

Além de apresentar maior euforia, energia e confiança a pessoa que faz uso do crack também apresenta sintomas como pupilas dilatadas, inquietação, agressividade e ate queimaduras nos lábios e nos dedos.

Depois de algumas horas de uso, surge uma sensação grande de exaustão, o que faz com que a pessoa durma mais de 12 horas e acorde com mais fome do que o habitual.

 

O que acontece no corpo

Já dissemos aqui que a fumaça chega nos pulmões e é absorvida com mais facilidade pela corrente sanguínea, e assim que isso acontece, a substancia é transportada ate o cérebro, aumentando a quantidade de dopamina. A medida que a dopamina aumenta no cérebro, a pessoa fica com uma sensação eufórica. Como a pessoa se sente muito melhor dessa forma, acaba encontrando no crack a resposta para seus problemas e sempre querendo consumir mais.

Devido ao uso prolongado, o coração também pode ser afetado, assim como a respiração, com risco maior de infarto, parada respiratória e convulsões.

Quando o efeito do crack passa, a pessoa acaba sentindo a necessidade de usar novamente, pois quer sentir a mesma sensação “boa” de antes. Só que o efeito nem sempre vai ser como antes, pois o cérebro vai acostumando com a química e a sensação de prazer vai diminuindo, o que faz com que a pessoa queira fumar mais quantidades buscando sempre a sensação esperada. Por isso o crack vicia.

Quando a droga é retirada do corpo é comum que a pessoa apresente sintomas de depressão, ansiedade excessiva, irritabilidade, náusea, agitação e ao mesmo tempo falta de energia.

 

Tratamento

O tratamento visa tanto a dependência física quanto a psicológica por isso é aconselhado que seja feito dentro de instituição especializada para lidar com pessoas que passam por esse problema. Esses lugares já estão acostumados a tratar com desintoxicação e reabilitação, com equipe dedicada.

No caso da dependência psicológica, o tratamento é feito com psicólogos, em sessões individuais e em grupo, para ajudar a pessoa a achar outros prazeres na vida.

Para tratar a dependência física, alguns medicamentos são necessários, principalmente antidepressivos e antipsicoticos.

 

Além desses tratamentos, o apoio da família e amigos também é essencial nessa fase de recuperação e reabilitação do paciente à sociedade.

Blog

Droga e espiritualidade: Como a religião pode ajudar no tratamento?

Droga e espiritualidade: Como a religião pode ajudar no tratamento?

Pesquisas realizadas pela Universidade de Harvard constataram que a religião e a fé são fatores fundamentais para que uma pessoa consiga abandonar o vício

O dependente químico é considerado incapaz?

O dependente químico é considerado incapaz?

Para responder a essa pergunta, precisamos entender que cada caso possui um contexto. Trata-se de uma questão complexa que merece respostas melhores do que apenas sim e não.

Porque dá dor de barriga depois de beber?

Porque dá dor de barriga depois de beber?

O hábito de beber é muito comum em vários países, mas, mesmo quando o consumo é moderado, vem com ele vários efeitos colaterais e muitas pessoas experimentam dor de barriga.

Os perigos do uso de drogas no trabalho e impacto na produtividade

Os perigos do uso de drogas no trabalho e impacto na produtividade

O consumo de drogas no trabalho tem impacto direto na produtividade, especialmente quando se fala em vícios.