Uma plataforma EXCLUSIVA para você encontrar as melhores clínicas de recuperação do BRASIL!
Alcoolismo

Álcool: benefício ou risco para a saúde?

28 de abril de 2022
Álcool: benefício ou risco para a saúde?

Todos nós já ouvimos as notícias sobre os potenciais benefícios do consumo moderado de álcool para a saúde do coração. Não é de admirar que essas histórias ganhem manchetes.

Mas sempre que ouço um desses relatos, me pergunto se ele realmente acaba fazendo mais bem do que mal. A maioria não menciona os riscos para a saúde do consumo excessivo de álcool, deixando a impressão de que os benefícios para a saúde se aplicam a homens e mulheres.

A maioria das pesquisas sobre os efeitos do álcool no aumento dos níveis de colesterol bom, ou HDL, analisa homens e mulheres na pós-menopausa. Muito pouca ou nenhuma evidência sugere que o consumo de álcool em mulheres mais jovens seja benéfico. Pior ainda, outros estudos associam o consumo de álcool de mulheres mais jovens ao aumento do risco de doença.

Até 4% dos cânceres de mama podem ser atribuídos ao álcool. De acordo com um estudo recente do British Journal of Cancer, cada bebida aumenta as chances de uma mulher desenvolver câncer de mama. Em um resumo recente de 63 estudos publicados, 65% dos estudos encontraram uma associação entre o consumo de álcool e o aumento do risco de câncer de mama.

É tentador descartar esses riscos à saúde apontando para os mais óbvios, como excesso de peso e inatividade. De fato, 54,3% das mulheres de 20 a 39 anos são obesas ou com sobrepeso. Mas se você é um deles e está tentando perder peso e melhorar a forma física, beber álcool dificilmente o ajudará a atingir seus objetivos.

Adicione aquele copo de vinho tinto muito badalado por dia sem fazer outras mudanças em sua dieta ou exercício, e você ganhará quase 15 quilos por ano. Em quatro anos, você estará 60 quilos mais pesado, o que não ajudará muito seu coração.

Contar calorias do álcool pode ser duplamente difícil. Essas calorias não são apenas menos satisfatórias do que as dos alimentos, mas hoje em dia elas provavelmente vêm em copos de martini superdimensionados do tamanho de piscinas. O álcool sabota sua dieta de outras maneiras também. Inibições reduzidas podem levar a excessos, enquanto até mesmo uma bebida pode amortecer seu metabolismo por até 24 horas.

Resumindo: seja honesto consigo mesmo. Não use alegações de saúde sobre bebidas espirituosas como desculpa para justificar o consumo excessivo que põe em risco sua vida, fígado e aparência. Tenha em mente que existem muitas outras maneiras melhores de melhorar a saúde do coração. Comece por ficar e ficar em forma. Exercite-se pelo menos cinco vezes por semana. E coma uma dieta rica em frutas e vegetais, cujos antioxidantes podem reduzir o risco de doenças cardíacas, reduzindo a oxidação do colesterol nas artérias.

Acima de tudo, lembre-se que menos é mais. E obtenha todos os fatos antes de procurar sua saúde no fundo de um copo.

Blog

Benefícios do Exercício Físico na Recuperação do Abuso de Substâncias

Benefícios do Exercício Físico na Recuperação do Abuso de Substâncias

Não é nenhum segredo que se exercitar pode fazer maravilhas em sua saúde física e mental.

Como internar dependente químico ou alcoólico pelo plano de saúde?

Como internar dependente químico ou alcoólico pelo plano de saúde?

Uma das maiores dúvidas de quem está buscando tratamento para si ou para algum familiar, é se o plano médico cobre ou não todo o tratamento, pois os valores cobrados nessas situações são extremamente altos.

Dependência de Álcool e Cirrose no Fígado

Dependência de Álcool e Cirrose no Fígado

O vício em álcool é uma doença incapacitante e debilitante que afeta tanto mentalmente quanto fisicamente os indivíduos que sofrem com isso.

Como ter uma comunicação eficiente e respeitosa com dependentes químicos?

Como ter uma comunicação eficiente e respeitosa com dependentes químicos?

Iniciar uma conversa com alguém sobre seu vício em drogas nunca é fácil, mas é importante que venha de um lugar de acolhimento e compreensão.